29 de abr de 2012

Notícias do II Congresso de Educação Bilíngue de Surdos (2012)

Olá pessoal,
Cheguei ontem do Congresso, muito cansada e com saudades de casa, mas superfeliz por tudo o que assisti, todas as pessoas que conheci e todas as ideias trocadas, enfim, tudo o que aprendi. Nunca tinha vivido momentos com tanta interação entre línguas juntas! Em pouco tempo, nos comunicávamos em Português, Espanhol, Inglês, Libras, sem falar nas inúmeras línguas de sinais que eram utilizadas no evento, que contou com participantes de toda a América Latina, além de Espanha, Estados Unidos e Suécia.
Eu trouxe bastante material que pretendo compartilhar com vocês aos poucos, aqui no blog!
Para começar, quero deixar duas fotos de pessoas muito legais que conheci lá.  A primeira foto mostra a equipe que veio de Coronel Sapucaia (MS), e a segunda, um grupo de professoras da única escola pública de surdos de Asunción (Paraguay).

Com a turma de Coronel Sapucaia (Mato Grosso do Sul), lanchando no Shopping Del Sol: Flávia (intérprete de Libras), Maria Eva Eringer (Secretária de Educação), eu, Regiani Peres (técnica em Educação Especial), Edenilsa Maciel (professora e intérprete de Libras) e Viviane Canhete  (intérprete de Libras e professora de Língua Portuguesa para Surdos).



Com as professoras da Escuela Especial nº 6 do Paraguay (escola pública de surdos): Sara, Rosa e Edelira.

Em breve, mais notícias pessoal!
Abraço, Vanessa.



25 de abr de 2012

Balada dos Surdos (Profissão Repórter)

Olá pessoal!
Em 2010 eu havia publicado aqui que o programa Profissão Repórter havia feito uma reportagem sobre a Balada dos Surdos, mas na época eu não havia encontrado o vídeo para postar aqui. Depois de tanto tempo encontrei, e coloco abaixo o vídeo para compartilhar com vocês.


Antes tarde do que nunca!
Abraço,
Vanessa.


24 de abr de 2012

CELEBRIDADES SURDAS – Parte 1

Olá queridos, tudo bem?
Pensei em trazer algumas postagens para vocês sobre pessoas surdas que se destacaram em suas áreas de atuação. Acho que elas são ótimos exemplos para nossos alunos (surdos ou ouvintes) e para nós mesmos, não acham?
Vou começar então com uma de minhas atrizes favoritas, Marlee Matlin. Comecei a gostar dela quando assisti ao filme "Filhos do Silêncio" ("Children of a Lesser God", 1986), na qual Marlee faz o papel da protagonista Sarah. Aliás, não fui apenas eu que me encantei com ela no filme. Ela fez tanto sucesso no papel que ganhou o Oscar de melhor atriz em 1987 (olhem aqui o vídeo da premiação, é emocionante!) e também o prêmio Globo de ouro, no mesmo ano.

Desde então, Marlee já trabalhou em vários filmes e seriados, e atualmente faz o papel de Melody, a mãe do Emmet na série "Switched at birth", que eu amo!!!

em "Switched at birth", Marlee é Melody, mãe de Emmett (interpretado pelo ator surdo Sean Berdy)

Abaixo, um pequeno textos sobre a participação dela no programa "Dancing with the Stars".

DANCING WITH THE STARS TEM COMPETIDORA SURDA


Como todos os competidores de "Dancing with the Stars" - a dança dos famosos americanos -, a atriz Marlee Matlin teve que pular, dar dois passos para cá e dois passos para lá, rodar, sambar e o que mais seu número de dança pedir, sem sair do ritmo da música.

A diferença dos outros competidores, no entanto, é que Marlee não escuta uma só nota musical. A atriz, que já ganhou um Oscar e já fez participações em todas as séries que você conseguir imaginar - é surda.Mas isso não será um problema, afirmou a atriz por meio de seu intérprete de longa da data, Jack Jason. Marlee se baseou no seu parceiro de dança, Fabian Sanchez. "Ele é minha música", afirmou ela. Sanchez mudou alguns passos das coreografias para que e ele e Marlee tivessem contato físico ou visual por mais tempo do que ocorreria normalmente. Mas mesmo quando ela fazia passos sozinha "ela tem um ritmo natural", afirmou o dançarino. "Ela está sempre no ritmo." Ele nunca tinha trabalhado com alguém surdo antes, mas tem achado Marlee mais fácil de lidar que com pessoas que ouvem. "Eu tenho alguém que nunca dançou, que nunca escutou música, então posso moldá-la da maneira que eu quiser. Ela é mais sensível às minhas orientações porque não está tentando seguir seu próprio ritmo."
Fonte: http://tv.globo.com/Entretenimento/Tv/Noticia/0,,AA1675282-7175,00.html


Para assistir ao vídeo de Marlee e Fabian acesse: : http://www.youtube.com/watch?v=jBhj7obyN30

23 de abr de 2012

Surdocego recebe o título de doutor


Olá pessoal,
Esta notícia é antiga, e eu pensava já ter publicado aqui, mas acho que deixei como rascunho e acabei esquecendo de publicar... Mas é uma notícia tão legal, que vale a pena, não acham???



Professor Surdocego a Graduar Doutorado

The Yomiuri Shimbun

O professor associado surdocego do Centro de Pesquisas para Ciências e Tecnologias Avançadas da Universidade de Tóquio será graduado doutor.
Satoshi Fukushima, 45 anos de idade, será a primeira pessoa surdacega a receber o título de doutor no Japão. A cerimônia de entrega do título acontecerá no campus Kobama da Universidade de Tóquio na quarta-feira.
Fukushima perdeu a visão quando tinha 9 anos de idade e a audição aos 18. Entretanto, graças ao método "yubi tenji", o sistema tátil - baseado no braille - inventado pela sua mãe, Reiko, ele passou pelo vestibular da Universidade Metropolitana de Tóquio, tornando-se a primeira pessoa surdacega no Japão a ingressar na Universidade.
Fukushima, que estuda como a sociedade deveria interagir com as pessoas com deficiência, iniciou preparativos para sua tese de doutorado seis anos atrás. Ele analisou como ele começou a se comunicar com outros pelo método yubi tenji após anos de vida num mundo sem palavras.


20 de abr de 2012

Vendo Vozes no "Deaf Read"

Olá pessoal, tudo bem?

Estou bastante feliz porque nosso blog já faz parte do site "Deaf Reads", um site que traz uma seleção de blogs e vlogs de e/ou sobre surdos. A cada atualização do blog, ele aparece na lista do site, e assim mais pessoas podem conhecê-lo. Como o site já conta com a tradução do Google, pessoas de vários países podem saber o que acontece aqui no Brasil sobre educação de surdos. Legal, né?
Você pode conhecer o Deaf Reads clicando aqui!

imagem da página do DeafRead, onde nosso blog já aparece!!!

16 de abr de 2012

Cão-guia para surdos

Assim como os cães podem ser usados para ajudar pessoas cegas, eles também podem ser treinados para ajudar as pessoas surdas, alertando-as para sons como campainhas, pessoas chamando, alarmes, buzinas, sirenes, despertador ou relógios, por exemplo.
Cães treinados para isso são chamados de "Cães ouvintes" ou "hearing dog". Aqui no Brasil ainda não existem centros de treinamento específico para isso, pelo que pesquisei, mas acredito que seja possível conversar com um treinador de cães para ajudá-lo nesta tarefa. Já li sobre animais de pessoas surdas que percebem a surdez de seus donos e utilizam outros meios para se comunicar com eles. Emanuelle Laborit fala de sua gatinha em "O Vôo da Gaivota", e o próprio Antônio Abreu, entrevistado aqui, nos contou de sua cachorrinha que entende os sinais em Libras.
Uma reportagem publicada recentemente no site da BBC Brasil mostra um projeto na Grã-Bretanha que distribuiu 12 cães-ouvintes para crianças com dificuldade de audição, veja:


Uma instituição de caridade britânica iniciou um projeto piloto para fornecer cães guia para crianças com problemas de audição.
No último ano, a instituição Cães Guia para Surdos deu 12 destes cães para crianças. Uma delas foi James Cheung, um menino de 11 anos com dificuldades de audição.
James Cheung ajuda a cuidar do labrador Kurt. | Foto: BBC
Crianças dizem que se sentem mais confiantes e seguras por causa dos cães guia

Fonte: BBC Brasil

O cão de James é o labrador Kurt, que o alerta quando ele precisa acordar de manhã, quando sua mãe o chama e em situações de perigo, como quando um alarme de incêndio dispara.
Kurt foi treinado para responder a certos sons e ordens.
Segundo a família de James, seu comportamento mudou após a chegada do animal.
Ele está mais independente e confiante e desenvolveu um ótimo relacionamento com o cão.

14 de abr de 2012

Minha leitura de "Surdo Mundo"


Olá queridos leitores, tudo bem?
Hoje estou aqui para escrever um pouco sobre a leitura mais recente que fiz, "Surdo Mundo", de David Lodge. O livro não é tão recente, foi publicado aqui no Brasil, com a tradução de Guilherme da Silva Braga, há 2 anos, mas somente agora tive um tempinho para lê-lo (entre a entrega do projeto de qualificação de tese e a realização da mesma). Não queria trazer uma resenha pronta sobre o livro, como existem várias na internet, mas sim a minha impressão pessoal dele.
Bem, o título em inglês é bem mais forte e mais condizente com a história, "Deaf Sentence", ou seja, "Sentença Surda", ou "Sentença de Surdez". Isso porque, o personagem principal, Prof. Desmond Bates, está perdendo a audição gradativa e irremediavelmente. Embora seja um livro de ficção, a história de surdez do personagem é autobiográfica, e por isso Lodge consegue mostrar cada pequeno incômodo e dificuldade que passa devido a sua perda auditiva.
Gostei muito do livro por vários motivos: primeiro porque Desmond é um professor de Linguística que precisa se aposentar mais cedo porque já não consegue dar aulas sem conseguir ouvir os alunos. Depois, porque a narrativa flui com muita facilidade devido ao enorme talento do autor: por vezes me vi dando gargalhadas e, por outras, chorei muito com o livro (o problema é que, como eu não conseguia me desgrudar do livro, isso acontecia no ônibus, trem, em alguma recepção de consultório, e as pessoas me olhavam de maneira estranha). Também gostei porque aborda um tema muito presente em minha vida, a surdez após a vida adulta (minha avó paterna e meu avô materno perderam grande parte da audição durante a terceira idade e usam aparelhos auditivos para tentar amenizar a situação). Entretanto, como os indivíduos sobre os quais pesquiso sempre foram os surdos pré-linguísticos, que perderam a audição antes da aquisição da língua, tenho me preocupado bastante em incluir em minhas preocupações também aqueles que perdem a audição quando mais velhos, afinal essa pode ser também a minha "sentença".
Lodge mostra as ironias, confusões e tristezas causadas pela perda auditiva, e como isso refletiu em sua vida afetiva, profissional, em sua autoestima, sua vida sexual, entre seus amigos e sua família. Apesar da surdez ser o tema central do livro, discussões sobre a velhice, a morte e a vida também estão presentes, tornando "Surdo Mundo" uma brilhante, adorável, terna e divertida obra. Boa leitura!




E você, já leu este livro?

11 de abr de 2012

Curso: Libras para Profissionais da Saúde: o Atendimento do Paciente Surdo

Olá queridos, tudo bem?

É com alegria que divulgamos o curso de extensão "Libras para Profissionais da Saúde: o Atendimento do Paciente Surdo ", da Faculdade Inspirar.
O curso será oferecido pelas professoras e fonoaudiólogas Marcia Gama e Janaina Cabello em Curitiba (PR).


SOBRE O CURSO
O objetivo principal do curso é instrumentalizar o profissional da saúde no seu dia a dia ambulatorial e clinica para o atendimento da pessoa surda. Além de:

  • Refletir sobre o papel dos profissionais de saúde que trabalham com a comunidade surda
  • Introduzir a Libras
  • Entender as diferentes visões relacionadas à surdez e à pessoa surda, compreendendo a particularidade desses indivíduos em seus diversos aspectos (individuais, educacionais, sociais)
  • Provocar questionamentos e reflexões acerca da prática dos profissionais e das Instituições que atendem as pessoas surdas promovendo um atendimento mais humanizado
  • Fazer cumprir a Lei nº 10.436 (reconhece a LIBRAS como língua oficial dos sujeitos surdos); Decreto 5.626 (regulamenta a Lei nº 10.436); Lei nº 12.319 (regulamenta a profissão de Tradutor e Intérprete de Libras)
PÚBLICO ALVO
Profissionais e Acadêmicos das Áreas da Saúde em geral.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
  • Definição de surdez, aspectos biológicos, abordagem a pessoa com necessidades especiais
  • Preenchimento de ficha de identificação e anamnese
  • Aspectos do desenvolvimento de linguagem, aspectos da cultura surda e a formas de abordagem com a pessoa surda libras e oralidade
  • Prática: sintomas, pedido de exames
  • Libras como língua
  • Prática: desenvolvimento de vocabulário na área a saúde
CARGA HORÁRIA
30 horas/aula - 10h teóricas e 20h práticas

DIAS E HORÁRIOS
Sexta: 08h às 12h – 13h às 18h
Sábado: 08h às 12h – 13h às 18h
Domingo: 08h às 12h – 13h às 16h

INVESTIMENTOS

R$ 500,00 à vista ou R$ 550,00 parcelado.
Desconto de 10% para pagamentos até 11 de Outubro de 2012!

DATAS
03 a 05 de Agosto de 2012 


LOCAL DO CURSO
Sede Faculdade Inspirar pas - Rua Inácio Lustosa, 792 - Bairro São Francisco • Curitiba • PR

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES
Faculdade Inspirar pas - Sede Curitiba-PR
Rua Inácio Lustosa, nº 792 - CEP 80510-000 - Bairro São Francisco - Curitiba - Paraná - Brasil
Telefone (fax): 55 (41) 3019-2828 / 0800 602 2828

Para saber mais ou se inscrever, clique aqui.

Abraços e bons estudos!

9 de abr de 2012

Ganhadora da Promoção de Natal 2011

Olá queridos,

Estou bastante atarefada com a minha tese e meu trabalho, mas tive que dar uma passada aqui para compartilhar essa foto tão fofa da Fabíola Lima com o livro que ela ganhou da nossa promoção de Natal 2011 (veja aqui). A Fabíola é de Fortaleza, e ganhou o livro "Surdos, Qual Escola?", que, segundo ela, tem sido muito útil em seus estudos e produção acadêmica.

Fabíola e o livro "Surdos, Qual Escola?"
Você também pode ganhar um livro do Blog Vendo Vozes. É só criar um sinal para o blog e enviar para nós até dia 22/04 (veja as regras aqui). 
Participe e divulgue a promoção em seu curso de Libras, faculdade, escola, associação, amigos...

Abração,
Vanessa,