2 de fev de 2012

Oficial Surdo no Exército

Bem, na verdade é numa espécie de CPOR do Exército (e pra quem não é familiarizado com o mundo militar, CPOR é Centro de Preparação de Oficiais da Reserva, que é quando o guri tem que servir, mas já está cursando alguma universidade, daí, se ele é selecionado (e voluntário, atualmente), ele faz o cpor durante o expediente em que não está na faculdade). Explicações à parte, gente, não é no Exército Brasileiro que tem oficial surdo, não...(Ahhhh, Laura, sério?! Puxa, eu jurava que era...!). É no Exército: (_) Francês, (_) Americano,  ou (_) Russo? Deu seu palpite aí? Pois então se você acha que é no Exército Americano - só pq [quase] tudo que vem de lá é fashion, lançam moda a toda a hora [apesar de estarem em crise], são o sonho de turismo de todo o mundo [oi?], e estão a alguns anos luz à frente de nós em se tratando da inclusão de surdos - você ACERTOU! Pois então que nesse site TED (T de Technology, E de Entertainment, e D de Design) a gente encontra um monte de apresentações de gente importante e inteligente, além de influente e bem sucedida naquilo que faz, falando sobre os mais variados assuntos. Num deles, Keith Nolan, surdo, fala de sua luta para ingressar nas Forças Armadas Americanas e servir ao seu país. Vale a pena conferir, gente!!!

Pra quem, como eu (ainda) não domina a american sign language (ASL), o vídeo contém a tradução oral em inglês feita simultaneamente, e conta tmb com a legenda em inglês. Se seu inglês ainda não desenrola muito bem, segue abaixo do vídeo do Keith uma dica para acionar a legenda em português pelo youtube, ok? Confiram o vídeo, e deixem a sua opinião nos comentários: vocês acham que no Brasil, os surdos poderiam servir nas Forças Armadas, ou o caso de Nolan (e do Exército de Israel) são exceções absolutas?


Esse é o Keith Nolan!

Como acionar a legenda em português (clica em Youtube no vídeo acima, pra poder adicionar):

Bjos, Lau - colaboradora

2 comentários:

kay disse...

eu acho que surdos podem sim servir nas forças armadas,existem muitos surdos que gostariam de servir ao pais, mas nao podem por causa de limitaçoes imposta ,não é o fato da pessoa nao escutar que ira fazer dela inutilizavel para as forças armadas.

tiago medina disse...

Concordo.o Brasil ainda é um país muito atrasado