30 de nov de 2010

Softwares para tratamento de dados em Línguas de Sinais

De volta à publicação dos trabalhos que foram apresentados no CELSUL 2010, hoje quero mostrar o que foi apresentado pela equipe da UFSC sobre softwares para identificação e tradução de línguas de sinais. No congresso, conversei com a Ms. Janine Soares de Oliveira (já havíamos divulgado a dissertação de mestrado dela, a respeito de ed. matemática para surdos aqui), a respeito dos trabalhos, e os achei muito interessantes! 
Janine Soares de Oliveira, com os
pôsteres dos trabalhos
Um dos trabalhos intitula-se "Desenvolvimento de software para Identificação de Sinais na transcrição de vídeos em Libras" e foi apresentado como pôster. Confira o resumo:

Janine Soares de Oliveira (janinemat@gmail.com) – UFSC
Ronice Müller de Quadros – UFSC; Ramon Dutra Miranda – UFSC; Rundesth Sabóia Nobre – UFSC
Desenvolvimento de software para Identificação de Sinais na transcrição de vídeos em Libras
A pesquisa em Aquisição da Língua de Brasileira de Sinais – Libras – requer o tratamento e análise de dados em vídeos. O Grupo de Pesquisa em Aquisição da Língua de Sinais Brasileira da Universidade Federal de Santa Catarina está constituindo um banco de dados com transcrições de vídeos em Libras. Todavia, dadas as especificidades dos dados, observou-se a necessidade de desenvolver um procedimento eficaz para que pesquisadores possam localizar corretamente os sinais. Adotou-se, a padronização nas glosas utilizadas na transcrição, isto é, uma correspondência de um pra um entre sinal e glosa que o identifica em português. O volume de dados revelou ainda a necessidade de criar um sistema de busca específico para estas glosas que identificam os sinais. O software para Identificação de Sinais deverá ser utilizado na composição do corpus da Libras, tendo como objetivos: reunir, organizar e permitir a busca dos sinais e/ou das glosas. A Identificação de Sinais funciona como um sistema de busca que tem como filtros parâmetros da Libras, tais como, configurações de mãos e localização do sinal, além da glosa em português. O sistema, desenvolvido em plataforma php com acesso via web, está em fase de alimentação e por enquanto é acessado somente pelos usuários cadastrados no grupo de pesquisa, mas em breve estará disponível online, sem restrição de acessos para visualização e busca, e os usuários poderão ainda enviar sugestões de sinais com vídeo para os administradores através de ferramenta disponibilizada no próprio sistema.

Software Identificador de Sinais (UFSC)

Não vejo a hora em que o sistema estiver pronto e disponível on-line para todos, não será muito legal? 
Outro trabalho apresentado pela mesma equipe fala do uso de uma ferramenta de anotação multimídia, já conhecida, o ELAN. Veja o resumo do trabalho:

Janine Soares de Oliveira (janinemat@gmail.com) – UFSC
Ronice Müller de Quadros–UFSC; Franz Kafka Porto Domingos–UFSC; Karina Elis Christmann. –UFSC
O software ELAN como ferramenta para transcrição, organização de dados e pesquisa em Aquisição da Língua de Sinais 
Devido aos avanços tecnológicos, pesquisadores da área de linguística têm a possibilidade de reunir e observar um número cada vez maior de dados. Os bancos de dados das línguas orais já se encontram consideravelmente desenvolvidos e em constante expansão, principalmente no que se refere ao registro escrito destas línguas. Com relação às línguas de sinais, em particular, a Língua Brasileira de Sinais – Libras – tem-se como barreiras a carência de materiais e a ausência de ferramentas de busca que atendam às
especificidades da modalidade visual-espacial. Assim, o trabalho do Grupo de Pesquisa em Aquisição da Língua de Sinais Brasileira da Universidade Federal de Santa Catarina está constituindo um banco de dados com transcrições de vídeos em Libras. Esta tarefa é realizada utilizando como ferramenta o software ELAN, uma ferramenta de anotação multimídia desenvolvida pelo Instituto de Psicolinguística Max Planck. O software permite a criação, edição, visualização e busca de anotações através de dados de vídeo e áudio. Além de apresentar o tempo associado aos trechos transcritos permite um número ilimitado de registros, através das trilhas de anotações criadas pelos pesquisadores em função dos objetivos da pesquisa. No caso das línguas de sinais, podem ser visualizados: vídeos em Libras, glosas, traduções das glosas, marcas não-manuais, sons associados aos sinais, contexto, comentários, entre outros. Cada anotação selecionada permite a localização do vídeo e o trecho é reproduzido de maneira sincronizada. Esta ferramenta constitui-se em um grande avanço na investigação da Aquisição da Língua de Sinais.

Eu e Janine no CELSUL


Para quem quiser saber mais sobre o ELAN pode acessar o site do projeto: http://www.lat-mpi.eu/tools/elan/.
Outros softwares citados em trabalhos acadêmicos: ANVIL (Annotation of vídeo and language data)CLAN (Computerized Language Analysis)SIGNSTREAM e TRANSAMA. Em outro post, já havíamos falado um pouco sobre esses softwares, com as devidas referências a alguns trabalhos que o citam.

Obrigada pela atenção, Janine, e parabéns a toda a equipe pelos excelentes trabalhos!

24 de nov de 2010

Sorteada da promoção do Livro "Educação de Surdos..."

Olá pessoal! 
A leitora que foi sorteada pela a promoção do Blog foi Doreni (Campo Grande - MS)! Ela ganhou o livro "Educação de surdos, políticas, línguas de sinais e cultura surda" e vai recebê-lo em sua casa. Parabéns, Doreni, e obrigada a todos que participaram da promoção, os depoimentos de vocês foram lindos. Espero promover outros concursos como este aqui no blog, para presentear os leitores e ao mesmo tempo difundir ainda mais materiais tão relevantes sobre a educação dos surdos, e conto com a participação de todos.

Para você que não foi sorteado, mas quer o livro, pode adquiri-lo através do site da Edunisc, clicando aqui!
O sorteio foi realizado no site Random.org.


23 de nov de 2010

Promoção livro: Educação de Surdos (Inscrições encerradas)

Pessoal, a promoção do Livro "Educação de Surdos" foi encerrada. Em breve entraremos em contato com a pessoa sorteada, e divulgaremos o resultado aqui no blog!

Obrigada pela participação de todos.
Em breve novas promoções para presentear vocês, leitores do Blog Vendo Vozes.
Abraços a todos,
Vanessa.

21 de nov de 2010

Divulgando: VI FEES – Fórum Estadual de Educação de Surdos “Cultura Surda e Educação”

Data: 11 de dezembro de 2010, das 9h às 17h
 
Local: FACOS (Avenida Jorge Dariva, 1042, Centro, Osório-RS)
 
Inscrições: de 18 de outubro a 03 de dezembro.
Valor: R$ 20,00  
Vagas: 230
Realização: CNEC/FACOS e GIPES (Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Educação de Surdos)Apoio: UFRGS e CNPq 
Programação: 
9h – Abertura
 
9h15min – Apresentação Cultural 
 
9h30min –  “Cultura Surda” - Profª Drª Karin Strobel (UFSC)
 
12h – Almoço
 
14h – Apresentação Cultural
 
14h15min – “Produção, circulação e consumo da Cultura Surda” - Profª Drª Lodenir Karnopp (UFRGS), Profª Drª Madalena Klein (UFPEL) e Profª Drª Márcia Lise Lunardi-Lazzarin (UFSM)
 
15h – Apresentação Cultural

15h15min – “Pesquisas em Cultura Surda - Prof Ms Augusto Schallenberger (UFRGS),  Prof. Fabiano Souto da Rosa (UFPEL) e Prof Cláudio Mourão (UFRGS)
17h - Encerramento 

Vale a pena participar!

15 de nov de 2010

Programação de TV em LIBRAS

Você já imaginou querer assistir a um programa de televisão e não conseguir entender nada do que é falado nele? Mesmo trocando de canais, em toda a programação a língua utilizada não é conhecida por você? Possivelmente é assim que milhares de pessoas surdas, usuárias da LIBRAS em nosso país se sentem diariamente, não apenas em relação à televisão como ao cinema: tudo parece ser inacessível porque ainda não temos uma política séria de acessibilidade audiovisual em nosso país, e sentar na frente no sofá para assistir a um telejornal, novela, documentário, filme é praticamente impossível.
Pensando nisso, uma equipe formada por uma jornalista, um fotógrafo e um intérprete de LIBRAS (respectivamente Helen Baesse, Cléberson Baesse e Rafael Guilherme) criaram a TV Libras, um blog com vídeos sobre vários assuntos que são transmitidos na TV como cinema, eleições, moda e comportamento, culinária, entre outros, com tradução para a LIBRAS.
Para acessar, entre no blog http://tvlibras.blog.com/ e confira.Parabéns à equipe pela excelente iniciativa!
Na imagem, retirada do blog TV Libras, a reportagem "O que fazer no primeiro encontro", da seção Moda e Comportamento é traduzida para LIBRAS.

13 de nov de 2010

Promoção livro: Educação de Surdos

Olá pessoal
O blog Vendo Vozes vai sortear um livro "Educação de Surdos: políticas, língua de sinais, comunidade e cultura surda", Organizado por Lucyenne Matos da Costa Vieira-Machado e Maura Corcini Lopes, autografado. O livro é lançamento da Edunisc, e discute uma temática longe de ser considerada esgotada transitando por diferentes conceitos como política, língua de sinais e cultura: a “Educação dos Surdos”. As diferentes abordagens adotadas pelas autoras e pelos autores que aqui se inscrevem nos apresentam possibilidades de ver essa temática central com diferentes olhos. E em tempos em que a Língua de Sinais Brasileira e as políticas educacionais e linguísticas para pessoas surdas habitam nossas discussões e práticas, o leitor interessado na temática da educação de surdos pode se deliciar comas reflexões sérias  e comprometidas que cada autora e autor elencaram para contribuir com as práticas e os estudos sobre surdos e surdez.


Para participar do sorteio,  basta
comentar, nesta postagem, respondendo: "Por que você quer ganhar o livro Educação de Surdos?", com comentário identificado (nome e e-mail).
Pode participar qualquer morador do território nacional,  até o dia 22/11. O contato com o vencedor será feito por e-mail, e o livro será enviado pelo correio.
(O comentário será publicado após liberação do administrador; somente concorrerá ao sorteio quem se identificar com nome e e-mail e responder no campo "comentários".)
Participe e boa sorte!


---------INSCRIÇÕES ENCERRADAS! ------

8 de nov de 2010

Dicas para a Feira do Livro de Porto Alegre (2010)

Olá pessoal! Para aqueles que pretendem visitar a Feira do Livro de Porto Alegre e se interessam pelos assuntos tratados aqui no blog (Línguas de sinais, Educação de surdos, cultura surda...), preparei este post especial para indicar algumas atrações e estandes interessantes.

  • A primeira dica é visitar o Portal Libras, um setor da Feira (ainda modesto) que pretende expor alguns materiais disponíveis a respeito da educação de surdos, Libras e literatura surda. Dê uma passadinha lá, converse com a simpática Priscila Damasceno e ainda ganhe brindes! Aproveite para dar uma olhada nos pôsteres de pesquisas sobre o tema.
  • Além disso, ao lado do Portal Libras, o estande da Caixa Econimica Federal conta com a presença de intérpretes de Libras (durante todo o evento).
  • Lançamentos com sessão de autógrafos
10/11
19h30
Local: Praça de Autógrafos - Praça da Alfândega - Sessões de Autógrafos
Participantes: Ronice Muller Quadros, Carina Rebello Cruz
Obra: Instrumento de Avaliação da Língua de Sinais
13/11
14h30
Educação de Surdos:  políticas, língua de sinais, comunidade e cultura surda". Organizadoras: Lucyeme Matos da Costa Vieira-Machado e Maura Corcini Lopes. Edunisc.





  •  A feira também conta com uma programação especial, no dia 15/11:

Evento: Contação de História em Libras em perspectiva: contadores e intérpretes

Local: Casa do Pensamento

Dia: 15 de novembro de 2010

Horário: 09:00 – 12:30 / 13:30 – 17:00

Programação

Manhã
09:00 – 10:30 - Mesa Redonda com Augusto Schallenberger e Fabiano Souto Rosa

10:30 – 10:45 – Intervalo

10:45 – 12:30 – Oficina prática de contação de histórias com Augusto Schallenberger e Fabiano Souto Rosa.

Almoço

Tarde
13:30 – 15:00 – Mesa Redonda com Ângela Russo e Maria Cristina Pires Pereira (a confirmar)

15:00 – 15:15 – Intervalo

15:15 – 17:00 – Oficina prática de interpretação de história com Ângela Russo e Maria Cristina Pires Pereira  (a confirmar)

Inscrições no site da AGILS (clique aqui)

Você tem mais alguma dica ou sugestão para a Feira do Livro? Comente aqui!
Abraço,
Vanessa.


1 de nov de 2010

Trabalhos sobre sistemas de escritas de sinais


 Dois trabalhos muito interessantes foram apresentados no CELSUL 2010 a respeito do mesmo tema: Escrita de sinais. Os sistemas de escritas de sinais buscam uma forma prática e econômica de representar graficamente as línguas de sinais, seja para manter um registro da produção destas línguas, do vocabulário, para realizar estudos linguísticos comparativos e analíticos sobre as línguas de sinais, ou mesmo como uma ferramenta mediadora na alfabetização do surdo. No Brasil, há alguns anos, já se estuda o SignWriting, (SW) ,um sistema que foi criado em 1981 nos Estados Unidos. Em 1997, Mariangela Estelita cria o ELiS, Escrita de línguas de sinais, aqui no Brasil, e o reformula em 2008, em sua tese de doutorado. A ideia é criar um sistema de escrita de sinais mais fácil e de aprendizagem mais rápida do que o SW.
No GT que participei, portanto, Mariângela Estelita apresentou um trabalho sobre como está se dando o processo de aprendizagem do ELiS, aparentemente mais simples de se aprender, e que, em breve, será aplicado ao ensino de surdos em uma escola de Goiás.
Para aqueles que quiserem ler o artigo completo do artigo ELIS – ESCRITA DAS LÍNGUAS DE SINAIS: SUA APRENDIZAGEM, clique aqui!
Dra. Mariângela Estelita

Apresentação sobre o sistema ELiS



O outro trabalho, de autoria de Bianca Pontin e Erika Vanessa de Lima Silva, intitulava-se LÍNGUA ESCRITA: PORTUGUÊS/SINAIS (SW) e foi apresentado por Erika, que mostrou como o SW é um impotante instrumento de mediação para a alfabetização da criança surda, cuja L1 é a Língua de Sinais, afinal de contas, faz muito mais sentido que a criança seja alfabetizada primeiramente em sua L1, para depois conhecer a escrita de uma L2. Através de videos, foi possível perceber a enorme evolução de crianças surdas expostas ao sistema de escrita de sinais. Clique aqui para acessar o artigo completo de Bianca e Erika.

Erika fala sobre os sistemas de escritas de sinais
 Pelo fato de os dois trabalhos terem sido apresentados no mesmo GT e no mesmo dia, foi possível debatermos a respeito da importância da adoção de um sistema de escrita de sinais por professores de surdos, tanto no seu período de alfabetização quanto no seu processo de letramento como um todo. Portanto, é muito importante que esses sistemas de sinais sejam difundidos, e as pesquisas a respeito de sua aplicabilidade sejam ampliados. Não pretendo, neste espaço, eleger qual dos sistemas é o melhor, mais eficaz, pois ainda há muito o que ser analisado e debatido, mas não precisamos escolher apenas um sistema de escrita, assim como, na sociedade ouvinte, também não existe apenas uma maneira de representação gráfica das línguas. Penso que o essencial é que conheçamos esse recurso, e que, com seu uso efetivo na educação de surdos, um pouco do grande abismo que separa a língua de sinais com o ensino de Língua Portuguesa escrita seja diminuído.
E você, o que pensa sobre esses sistemas de escrita? Conhece algum deles? Opine!
Abraço,
Vanessa.