27 de jul de 2009

Curso: Gêneros de texto no dia-a-dia do ensino fundamental

Conforme eu havia postado anteriormente, agora é oficial: estão abertas as inscrições para:

CURSO DE EXTENSÃO A DISTÂNCIA

GÊNEROS DE TEXTO NO DIA-A-DIA

DO ENSINO FUNDAMENTAL

O objetivo do curso é oferecer aos participantes subsídios para qualificar a atividade profissional em aulas de língua materna, apresentando conceitos contemporâneos neste âmbito, com base em estudos de Linguística Aplicada, auxiliando-os a atuar com maior segurança e qualidade no desenvolvimento de metodologias pertinentes ao trabalho com textos, leitura, escrita e análise linguística em sala de aula.

PÚBLICO-ALVO: Professores de Língua Portuguesa, Professores de Línguas, Pedagogos(as), Gestores Educacionais, Acadêmicos dos cursos de Letras e Pedagogia e demais interessados nos estudos de ensino/aprendizagem de língua materna e elaboração de sequências didáticas para o trabalho com a linguagem.

Ministrantes: Ms. Vanessa de Oliveira Dagostim Pires e Mestrando Anderson Carnin.

PRÉ-REQUISITOS: Possuir acesso à internet e conhecimentos básicos de informática.

  • Período das aulas: 08/09 a 03/11/2009.

  • Encontros on-line às terças-feiras à noite (chat - 20h às 21h)

  • Curso 100% a distância – Plataforma Moodle

23 de jul de 2009

Dissertação: O PAPEL DA LIBRAS E DA LÍNGUA PORTUGUESA EM CONTEXTOS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM DE CRIANÇAS SURDAS

Convite para 65ª Banca de Dissertação - PPGLA UNISINOS

Aluna: Gisele Farias Muck

Título: " O PAPEL DA LIBRAS E DA LÍNGUA PORTUGUESA EM CONTEXTOS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM DE CRIANÇAS SURDAS"

Data: 31 de julho de 2009

Horário: 14h

Local: 3A317 - Unisinos - São Leopoldo/RS

Comissão Examinadora:

Profa. Dra. Maria Cristina da Cunha Pereira (PUC-SP)

Profa. Dra. Maura Corcini Lopes (UNISINOS)

Profa. Dra. Cátia de Azevedo Fronza (Orientadora)

Resumo: Esta dissertação de Mestrado investiga o papel que a língua brasileira de sinais (LIBRAS) e a língua portuguesa desempenham em um contexto de ensino e de aprendizagem de crianças surdas e ouvintes, trazendo à tona a forma como ambas as línguas são concebidas e correlacionadas nesse âmbito escolar. Inicialmente, apresentam-se considerações sobre propostas educacionais voltadas ao ensino de surdos ao longo da história; em seguida, refletese sobre surdez, língua, LIBRAS e língua portuguesa, destacando-se, por fim, as noções de sujeito, linguagem e discurso, na perspectiva de Bakhtin. Tais considerações teóricas voltamse a dados (gravados em áudio) de entrevistas com duas professoras, uma de LIBRAS e uma de língua portuguesa, e a observações de aulas dessas docentes, durante o ensino de suas respectivas disciplinas a uma turma de quinta série do Ensino Fundamental, de uma escola regular da região do Vale do Rio dos Sinos. Entre as constatações deste trabalho, ressalta-se línguas e a forma como os surdos constroem a sua identidade em cada situação de ensino depende, diretamente, da concepção de surdez, de língua, de LIBRAS e de língua portuguesa das professoras, que, por sua vez, está vinculada à sua formação acadêmica e experiência profissional e norteia suas práticas pedagógicas. Este estudo possibilita reflexões sobre um contexto regular de ensino, no qual se encontram alunossurdos e ouvintes, atendidos por professores ouvintes. Os resultados oferecem contribuições aos profissionais da educação, aos próprios surdos, às suas famílias e à comunidade escolar, pois permitem (re)pensar as práticas de ensino e de aprendizagem a fim que todos os alunos sejam reconhecidos e valorizados no mundo social pelas suas diferenças culturais, independente das especificidades de cada sujeito.

Parabéns, Gisele, e boa sorte!

17 de jul de 2009

Curso experimental para surdos - Inst. Bioquímica Médica


Repassando notícia bem interessante. A idéia pode ser adaptada para outras áreas que necessitam dar esse apoio à educação dos surdos!

Curso Experimental para Surdos – uma nova proposta educacional

Priscila Biancovilli

Inclusão social de uma parcela excluída da população. Este era o objetivo da professora Vivian Rumjanek, do Instituto de Bioquímica Médica (IBqM), ao criar o Curso Experimental de Curta Duração para Surdos, iniciado em 2005 como um projeto-piloto. Inspirado nos cursos de férias do IBqM, os alunos são estimulados a enxergar a ciência a partir de uma nova perspectiva, sem formalidades ou decorebas. Ao invés disso, os estudantes respondem às suas próprias dúvidas através de experimentos científicos, guiados por monitores.

Entre os dias 4 e 8 de maio deste ano, a sétima turma do curso pôde conhecer e entender mais sobre DNA. Os 18 alunos participantes – todos estudantes do ensino médio – se reuniam em grupos e listavam uma série de questões relacionadas ao tema que julgavam mais interessantes. “Cada grupo pôde contar com intérpretes de LIBRAS, a ajuda de monitores, que são alunos de pós-graduação da Bioquímica, e também de agentes educacionais, pessoas surdas que auxiliam na comunicação entre os professores, os monitores e os alunos”, explica Paula Martins, uma das monitoras. A linguagem utilizada pelo grupo é a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) que teve sua origem na Língua de Sinais Francesa.

Antes do curso, os intérpretes participam de um curso bastante aprofundado sobre o tema em pauta, justamente para que eles saibam traduzir com precisão termos científicos pouco comuns. “Estamos elaborando uma série de glossários em LIBRAS. Coletamos e agrupamos novos sinais criados durante o curso e, principalmente, durante a vivência dos estudantes surdos aqui no laboratório. Os alunos de maior destaque dos cursos experimentais são convidados para participar de um estágio conosco, em que eles podem conhecer a ciência ainda mais de perto. Até agora, já oferecemos estágios a oito alunos”, alegra-se Vivian Rumjanek.

Nesta última turma, os alunos participavam ativamente das discussões, criando com rapidez um grande número de perguntas. “É muito interessante perceber que, apesar do silêncio durante as discussões, não estamos em um ambiente calmo. O que vemos aqui é um silêncio inquieto, curioso. Os monitores às vezes ficam até confusos com tantas perguntas ao mesmo tempo!”, afirma Gabriel Machado, outro monitor do curso.

Entre as perguntas escolhidas estavam: “Onde se localiza o DNA?”, “O DNA forma uma pessoa de bebê até adulto?”, “Existe diferença entre o DNA de humanos, plantas e adultos?”, entre outras. Logo no primeiro dia, os grupos começavam a responder às perguntas usando materiais diversos, como amostras de sangue humano, plantas e frutas. Um dos grupos tentava descobrir se havia diferença entre as células sanguíneas de duas pessoas diferentes, e observavam atentamente ao microscópio amostras de sangue de dois monitores. Enquanto isso, outro grupo buscava encontrar DNA em espécies vegetais.

“Há muito tempo me preocupo com a questão dos surdos, porque, diferente dos cegos ou dos cadeirantes, a deficiência deles não é visível. Há poucos mecanismos de inclusão social para este grupo. Numa sociedade de ouvintes, como a nossa, ser surdo é extremamente difícil”, comenta Vivian.

O laboratório da professora, no momento, conta com quatro estagiários surdos. “Infelizmente, devido à falta de suporte financeiro, não pudemos contratar estagiários desta última turma. Mas esperamos que essa realidade mude em breve”, finaliza a professora.

Notícia retirada do site http://www.bioqmed.ufrj.br/corpo/noticias/01_250509.html - Instituto de Bioquímica Médica - UFRJ

15 de jul de 2009

Primeiro Encontro  Cultural de Surdos de Itatiba e região


INSTITUTO PHALA REALIZA EVENTO EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO SURDO E AOS 10 ANOS DE SUA FUNDAÇÃO


O Instituto Phala realizará no dia 19 de setembro seu primeiro evento cultural em comemoração ao dia do Surdo e aos 10 anos de sua fundação, a serem completados no mês de dezembro.
O evento contará com a participação de comunidades surdas de Itatiba e região, que trarão manifestações artísticas desenvolvidas em suas sedes, promovendo um intercâmbio entre os surdos e os profissionais que desenvolvem trabalhos junto a essa população, além de palestras, apresentação do Teatro Legal e muita descontração.
Para participar é necessário fazer a inscrição através de nosso site http://www.institutophala.com.br/ ou pelo telefone (11) 4538 2799, podendo se inscrever surdos, profissionais e instituições de toda a região. Para apresentações de peças de teatro, coral de Libras ou outras manifestações artísticas é necessário o preenchimento do formulário disponível em nosso site.
Maiores informações referentes ao local e horário, em breve!

7 de jul de 2009

Inscrições abertas - Int. ao Ensino de LP/S - EAD

Olá pessoal!

Por favor, divulguem...

Agora sim estão abertas as inscrições para o curso de extensão que eu havia prometido, "Introdução ao Ensino de Língua Portuguesa para Surdos - modalidade a distância" pela UNISINOS. As inscrições vão até 31/8, e o curso será voltado para professores de língua portuguesa e educação infantil, séries iniciais, acadêmicos e graduados dos cursos de Letras, Fonoaudiologia, Pedagogia e demais licenciaturas.

O curso será 100% a distância, através de plataforma Moodle.

Os interessados deverão ter conhecimento básico de informática, e-mail próprio, acesso à internet e disponibilidade de 4 horas semanais, sendo 3 horas de atividades assíncronas - você faz na hora que você quiser - e 1 hora para atividades síncronas, via chat, às quintas-feiras, das 20h às 21h.

O curso terá 24h de duração, e vai do dia 03/09 a 08/10.

Todos estão convidadíssimos!

Para saber maiores informações, como se inscrever, etc, você pode acessar o site da Universidade aqui ou baixar o pdf com toda as informações do curso aqui!


AbraçãoVanessa!

1 de jul de 2009

Cursos e eventos


Olá pessoal, repassando a agendinha de cursos e eventos a quem possa interessar:



  • A ULBRA está com inscrições abertas para o curso de LIBRAS para os níveis 1, 2, 3 e 4, sendo cada nível de 60h. As aulas ocorrerão na ULBRA Canoas/RS.
    Informações e/ou inscrições presencial a partir de 01/06/2009 até 31/07/2009:
    Coordenação de Acessibilidade Pedagógica: Sala 120 Prédio 01
    Turno de atendimento: manhã, tarde e noite
    Fone: (51) 3477-9190
    ipesa@ulbra.br ; coordipesa@hotmail.com
    www.ulbra.br/acessibilidade
    O investimento é de R$ 20,00 (matrícula) + R$ 350,00.


  • A UNIVATES - Lajeado/RS também está com inscrições abertas para o curso de LIBRAS nos níveis 1,2 e 3. As aulas são à noite e iniciam em Agosto. O investimento lá é mais baixo, R$ 240,00 com desconto para quem for aluno lá. Informações: www.univates.br/cursosdeextensao


  • Estarão abertas em breve as inscrições para o curso de Introdução ao Ensino de Língua Portuguesa para Surdos - modalidade à distância. O curso terá 24h de carga horária e começará na segunda semana de agosto. FIQUEM LIGADOS! Quem tiver interesse desde já pode escrever para vanessadagostim@gmail.com. Todos os detalhes do curso serão postados no Blog também!


  • Outro curso que abrirá inscrições na modalidade EAD será "Gêneros de texto no dia-a-dia do ensino fundamental" que abordará o trabalho com gêneros textuais na sala de aula, principalmente de línguas. É muito interessante, e tenho certeza que será muito válido. Quem quiser também pode manifestar interesse no e-mail acima.


  • O Grupo Educacional Uninter está com inscrições abertas para o curso de pós-graduação em LIBRAS. Com aulas 100% presenciais, esse curso será realizado em Belo Horizonte no Instituto Sagrada Família, Av. Presidente Carlos Luz, 535, Caiçara (em frente a Honda) - SEDE DO IBPEX-BH O corpo docente responsável pelas aulas é composto por Especialistas, Mestres e Doutores de Curitiba e Belo Horizonte, todos qualificados e experientes quanto a metodologia de trabalho empenhada pelo Instituto. Clique no link ao lado para acessar as informações sobre o Curso: http://www.ibpex.com.br/?a=vercurso&id=170#principal

Então era isso, pessoal! Vamos nos capacitar! Abraços!