29 de ago de 2008

Enquete 3


Publicando os resultados da útlima enquete do Blog.

Pergunta:

Na sua opinião, o que é ideal na educação especial para surdos?


Apenas professores surdos - 9 (16%)
Apenas professores ouvintes - 0 (0%)
Não há diferença - 1 (1%)
Os dois -45 (81%)


No total, 55 pessoas votaram, e a maioria opinou que o ideal, para a educação para surdos, é a presença de professores surdos e ouvintes, trabalhando juntos.


Obrigada a todos que votaram! Participe da nossa nova enquete, a pergunta agora é: por que a inclusão de surdos no ensino regular é tão difícil???? VOTE!


Para sugerir perguntas e temas para as próximas enquetes, escreva para nós!


Abraços

Intérpretes no CELSUL

Olá pessoal,
Eu havia enviado um e-mail pedindo o serviço de intérpretes na sessão em que vou apresentar meu trabalho no CELSUL 2008, e repasso o e-mail recebido pela coordenadora:

Prezada Vanessa, Heloíse e demais interessados, informamos que estamos providenciando o serviço de intérpretes de libras para o CELSUL. Peço que enviem esta informação a todos os demais interessados. Pedimos, somente, que mais adiante nos informem em quais GTs haverá participação para podermos providenciar intérpretes em número adequado às necessidades.Cordialmente Gisela

Sendo assim, aqueles que tiverem interesse em participar deste evento e querem a presença de intérpretes de LIBRAS, favor enviar e-mail para a coordenação: celsul8@gmail.com
Abraços a todos e até lá!!!

27 de ago de 2008

Notícia interessante: Americana perde parte de audição após beijo


Atenção! O ouvido é um órgão muito sensível! Preste atenção nesta notícia!


Uma dona de casa americana que vive em Hicksville, Nova York, perdeu parteda audição após ter recebido beijo de sua filha na orelha, há dois anos.Gail Schwartzman recuperou lentamente a audição, mas só escuta sons abafadose permanece com um zumbido na cabeça. O caso, divulgado ontem, éprovavelmente o primeiro no mundo e será enfocado em revista médica naspróximas semanas.

A sucção do beijo caloroso de sua filha teria deslocado seu tímpano eparalisado três pequenos ossos de seu ouvido, deixando um ruído em suacabeça, segundo o site Newsday.com. O caso está sendo chamado de "beijo dasurdez".O fato ocorreu em um dia no qual Gail havia passado muito tempo fora de casae foi cumprimentar sua filha. "Ela me agarrou, me abraçou e me deu um grandebeijo na orelha esquerda. E enquanto ela fazia isso, eu senti como se elaestiovesse sugando o ar da minha cabeça. Não pude afastá-la porque estavacom essa sensação terrível", contou Gail. "Quando ela terminou, eu estavasem audição naquela orelha".O Dr. Anil Lalwani, responsável pelo setor de fisiologia e neurociência docentro médico da Universidade de Nova York, afirmou nunca ter escutado casosimliar. A maioria dos casos de zumbido e perda de audição ocorrem empessoas que ficaram expostas a sons extremamente fortes.

Redação Terra

22 de ago de 2008

I Congresso Nacional de Pesquisa em Tradução e Interpretação de LIBRAS


Programa de Pós-gradução em Lingüística (PPGL), o Programa de Pós-Graduação em Tradução (PGET), o Grupo de Estudos Lingüísticos Surdos, do Centro de Comunicação e Expressão, juntamente, com o Grupo de Estudos Surdos (GES) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizarão, nos dias 9 e 10 de outubro de 2008, o primeiro Congresso Nacional de Pesquisa em Tradução e Interpretação de Língua Brasileira de Sinais.

Este congresso tem como público alvo intérpretes e tradutores de língua de sinais, surdos e demais profissionais interessados no tema, e ocorrerá no Centro de Comunicação e expressão (CCE) no seguinte endereço:

Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC
Centro de Comunicação e Expressão (CCE) - Prédio B
Campus Universitário – Trindade
Florianópolis/SC
88040-900


Para maiores informações, acesse o site do evento: http://www.congressotils.cce.ufsc.br/index.htm

CELSUL 2008


CELSUL -- Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul -- é uma associação cujo objetivo é aproximar os lingüistas que atuam nas Universidades da região sul do Brasil. Seus encontros procuram oferecer um espaço de discussão e divulgação da produção científica regional e nacional nas áreas de lingüística e lingüística aplicada. Além disso, os encontros do CELSUL também têm tentado se caracterizar como um fórum multidisciplinar, de interação entre lingüistas e estudiosos de áreas afins -- como os estudos literários, a comunicação, a psicologia, a fonoaudiologia, etc.


O próximo encontro do CELSUL ocorrerá no Campus do Centro da UFRGS, em Porto Alegre, entre os dias 29 e 31 de outubro de 2008. A programação inclu: 1) conferências de lingüistas de renome nacional; 2) mesas redondas nas principais áreas de pesquisa e debate da lingüística e da lingüística aplicada; 3) sessões de comunicações em grupos temáticos organizados e coordenados por especialistas, e 4) sessões de pôsteres para a apresentação de trabalhos avulsos.


No GT A linguagem na escola: contextos, desafios e perspectivas em Lingüística e Educação haverá uma sessão que abordará diversos trabalhos com temas relativos à educação de surdos e educação especial, inclusive o meu, no dia 30-10, das 14:30 às 16:00.


Programação desta seção:


1. Construções lingüísticas, identitárias e culturais na aprendizagem da LIBRAS: implicações para o ensino e formação de professores
Audrei Gesser (UENP/Faficop, Cornélio Procópio)

2. O papel da Libras e da Língua Portuguesa nos contextos de ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa escrita para surdos
Gisele Farias Muck e Cátia de Azevedo Fronza (Unisinos, São Leopoldo)

3. Me digam em que sou diferente de vocês?: sentidos de uma escola inclusiva para pessoas com deficiência em um Programa da EJA
Jamile Delagnelo Fagundes da Silva (FURB, Blumenau)

4. Desenvolvimento da narrativa em jovens com síndrome de Down
Gilsenira de Alcino Rangel (UFPel, Pelotas)


5. Andaimento coletivo no ensino de Língua Portuguesa para Surdos
Vanessa de Oliveira Dagostim Pires (UNISINOS, São Leopoldo)


Abaixo posto o resumo do meu trabalho:

Inspirado no trabalho de Richard Donato, publicado em 1997, que buscou identificar a presença da prática do andaimento nas interações entre pares em sala de aula de língua francesa como segunda língua, a presente pesquisa investiga como os alunos surdos de uma escola especial co-constroem experiências de língua portuguesa no contexto de sala de aula. Também tenta descobrir como o desenvolvimento desta L2 é trazido para o plano social, partindo da hipótese de que os aprendizes podem, de certa maneira, em algumas circunstâncias, prover o mesmo tipo de suporte e orientação uns aos outros, assim como os adultos fazem com as crianças, segundo o conceito de scaffolding investigado por Wood, Bruner e Ross (1976). Para isto, serão gerados dados mediante observação participante de aulas e aplicações de seqüência didática elaborada especialmente para este fim em uma turma de 6ª série do Ensino Fundamental de uma escola estadual especial para surdos da região metropolitana de Porto Alegre. Essas aulas foram gravadas em vídeo, transcritas e analisadas. Durante este período, os alunos foram convidados a estudar e reconhecer a estrutura de uma carta de reclamação, e, posteriormente, a produzirem, em conjuntos, uma carta de reclamação a respeito da escola onde estudam. Analisaremos as interações entre alunos e algumas intervenções da professora e pesquisadora no momento da produção das cartas e como essas práticas de atividades em conjunto geram estratégias facilitadoras de aprendizagem de LP.


Para maiores informações sobre o evento, acesse o site: http://www.ufrgs.br/ppgletras/celsul/index.htm - inclusive para possível interesse e pedido de intérpretes!!!


Espero que esse encontro seja muito proveitoso para todos!

Um grande abraço,

Vanessa!