21 de dez de 2007

Inauguração da Primeira escola especial para surdos Municipal de Porto Alegre

Repassando a notícia. Cabe salientar que Porto Alegre já conta com escolas para surdos privadas e estaduais. Essa será a primeira municipal.

Fogaça inaugura primeira escola de surdos da Capital

A partir do próximo ano letivo, Porto Alegre contará com a primeira escola voltada à educação de surdos. Esta manhã, 20, o prefeito José Fogaça inaugurou a Escola Municipal de Ensino Fundamental de Surdos Bilíngüe Salomão Watnick, localizada na Rua Mariante, 550, Bairro Rio Branco. Antiga reivindicação da comunidade surda da Capital, a escola foi conquistada no Orçamento Participativo em 2000 e garantida pela prefeitura em 2005. "É uma grande conquista dos próprios surdos. A escola representa uma nova era na história da educação em Porto Alegre. Vamos fazer disso uma bela tradição e um exemplo de respeito às necessidades especiais e às reivindicações de setores que constituem minoria", declarou o prefeito.

Além do atendimento aos alunos, a escola irá oferecer um grupo de estudos da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) para familiares e responsáveis. "É a realização de um sonho", disse Leida Souza, mãe das gêmeas Antônia e Gabriela, de sete anos. Desde março, Gabriela participa das turmas de apoio pedagógico em salas adaptadas na sede da Smed. Com a nova escola, a orientação poderá ser estendida à família, facilitando a comunicação entre as duas irmãs. Inicialmente, a escola atenderá duas turmas de alfabetização, totalizando 20 alunos a partir de cinco anos, em espaço provisório adaptado pela Secretaria Municipal da Educação (Smed). A escola conta com acessibilidade por rampas e banheiros adaptados, sinalização visual adequada aos alunos, salas multifuncional, duas salas de aula, sala de professores, secretaria, refeitório e praça de lazer.
Conforme a titular da Smed, secretária Marilú Medeiros, a escola conta com R$ 140 mil em recursos do orçamento destinado à educação especial. A sede definitiva será construída em área da prefeitura, no Bairro Partenon.
Inclusão - As aulas serão ministradas por professores concursados da rede municipal de ensino habilitados em educação de surdos. Aberta a toda comunidade de surdos da Capital, a escola funcionará das 13h30 às 17h30 e trabalhará por projetos elaborados conforme a necessidade dos alunos.
Vagas Com atendimento a 12 alunos no espaço de apoio pedagógico de surdos na sede da Smed, a rede oferece 130 vagas para alunos jovens e adultos em turmas de surdos no Centro Municipal de Educação dos Trabalhadores Paulo Freire, além de bolsas de estudo para 30 alunos do Ensino Fundamental na Escola Especial Frei Pacífico. Infomações pelo telefone (51) 3289-1852.
Endereço: Escola Municipal de Ensino Fundamental de Surdos - Escola Bilíngüe End: Rua Mariante, 550

Nenhum comentário: