10 de out de 2007

O polêmico Implante Coclear

Pesquisando na web, achei algumas coisas interessantes sobre Implante Coclear, tema que gera muita polêmica no mundo dos surdos e de ouvintes. O documentário "Som e Fúria", realizado nos Estados Unidos há algum tempo, mostra um pouco disso, destacando a visão da comunidade surda em relação a este tema.No Brasil, aqui no Sul, especificamente, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre possui um programa de reabilitação auditiva através do Implante Coclear.

Outro exemplo, a modelo brasileira Brenda Costa, de 25 anos, fez a cirurgia este ano, mesmo contra o diagnóstico dos médicos, que diziam que certamente seu nervo auditivo já estaria morto (o que impossibilitaria o sucesso da operação). Brenda, entretanto, insistiu e realizou a cirurgia, e agora, "vem aprendendo a ouvir", segundo reportagem da Revista Caras de Julho. Nas fotos da revista, Brenda brinca na água, e, segundo a notícia, "ri quando ouve o barulho", porém, pelas fotos, vemos que Brenda está sem o aparelho externo do Implante, (ou seja, não está ouvindo nada), até porque, o implantando deve seguir uma série de restrições e cuidados, inclusive não nadar com o aparelho!
Isto mostra como sabe-se pouco sobre o Implante, suas vantagens e seus riscos.

Abaixo, alguns links interessantes sobre o assunto:

Vídeos relacionados:
http://video.google.com/videosearch?q=cochlear+implants&so=0 - lista de vídeos relacionados ao tema, em inglês.
Blogs:
http://implantecoclear.wordpress.com/ - Blog de um implantado que conta sobre sua experiência desde 2004. Muito interessante!
http://www.implantecoclear.blogspot.com/ - Blog de uma pessoa que fez o implante de pois de 37 anos de surdez!
http://palavrasnosilencio.blogs.sapo.pt/tag/implante+coclear outro sobre o assunto..

Buscando no Google, encontra-se muito mais material sobre o implante, vale a pena para quem se interessa.
E você, o que acha do Implante Coclear??

4 comentários:

laura disse...

Até que comprovem que o implante dá certo, eu não sou a favor. Porém, como provar, sem testagens? São necessários experimentos, sem dúvida. Contudo, o surdo não pode ser uma "cobaia" para a ciência. E outra, se os surdos são respeitados na sua diferença, o intuíto de torná-los ouvintes cai por terra...é uma questão muito mais 'ética' do que propriamente 'física'. É bastante questionável a efetivação do Implante. Eaí, alguém mais diz sua opinião?! E o mais importante, com certeza, é a opinião dos surdos; o que eles têm a dizer, de que maneira encaram o Implante e suas conseqüências - quer positivas, quer negativas, e como um implante afetaria suas identidades. Ééé, complexo o assunto! Vamos debater!

cintiayamaguchi disse...

Eu sou a fvor do implante coclear, a partir da escolha do deficiente auditivo. Se deseja ouvir,tenta-se o implante, caso contrário, linguagem de sinais. Muitas pesquisas já realizadas desde 1970 no Brasil e desde muito antes no mundo, enfatizam a eficiência do implante coclear. Porém, os centros possuem critérios de seleção de pacientes, para se ter uma idéia do resultado da cirurgia. A comunicação permite a ampliação dos próprios horizontes!

Anônimo disse...

Nao se pode brincar na agua com IC mesmo, so por precaucao. Mas isso nao quer dizer que ela nao pode ouvir o barulho da agua. Ela pode ter escutado em outros momentos que nao brincando na agua. E Laura, voce acha mesmo que nao houve experimentos antes de lançarem IC? E sim, um surdo pode ser cobaia, desde que com consentimento dele para contribuir com as pesquisas nos resultados e ver se dá certo. Muito suspeita a sua concepcao sobre etica. Mas tudo bem, cada um tem sua perspectiva sobre as coisas. Mas essa historia de identidade, dispensa comentários, nem adianta discutir sobre isso.

Vinicius Espindola disse...

Laula, você possui um total desconhecimento do assunto de implante coclear. O implante coclear tem beneficiado milhares de surdos que voltaram a ouvir, a falar no telefone e até mesmo a falar de costas e existem milhares de fatos comprovados pelos relatos dos surdos implantados e pelos estudos científicos. É uma tecnologia altamente eficaz, e por isso, o critério da seleção de candidatos servem para identificar quais destes terão sucesso com o implante coclear. Uma das usuárias que teve sucesso com o implante coclear é a Lak Lobado, cujo link é http://desculpenaoouvi.laklobato.com/ . Lá, ela própria mesma relata as suas experiências sonoras os quais tem gerado um grande impacto positivo na vida dela. A questão, aqui, são as comunidades surdas que são contra implante coclear, porque acham que isso perde a identidade do surdo. Será que ela quer criar seu dogma e seus princípios, impondo que todo surdo deve utilizar a língua de sinais? E se for o próprio surdo ter o desejo de ouvir mesmo, o que acontece com esse surdo? A comunidade surda, muitas vezes, rejeita esse sujeito surdo, só porque ele está indo contra os dogmas e as imposições da cultura surda. A comunidade suda equivale uma religião, onde há discrepâncias e impasses absurdamente tão desnecessários, impondo até mesmo que todos surdos são usuários de LIBRAS, esquecendo de classifica-los, que há oralizados, implantados, usuários de língua portuguesa, surdos-cegos, dentre outros, que possuem suas necessidades diferentes. Assinado por Vinicius Koerich Espindola, surdo pré-lingual oralizado, recentemente implantando bilateralmente, com 26 anos de idade.